Members of AGIC – Associação Portuguesa dos Guias-Intérpretes e Correios de Turismo

O Porto dos Ofícios

Diz o ditado “Em Lisboa, passeia-se; em Coimbra, estuda-se; em Braga, reza-se e no Porto, trabalha-se!”
Este passeio aproveita o centro histórico da Invicta, classificado pela UNESCO Património da Humanidade, para revelar o carácter laborioso das suas gentes.
Como o seu próprio nome indica, o Porto já nasce como cidade dedicada ao trabalho, no caso, o do comércio marítimo. Com o vinho do Porto chega a ser, entre os séculos XVII e XVIII, o principal ponto de partida das exportações portuguesas, em termos de volume de negócios.
Quem conhece a cidade sabe que os burocratas não são bem vistos e que o maior valor defendido pelas suas gentes é o trabalho e a independência financeira que ele proporciona.
Por tudo isto, e mais alguns “segredos”, surgiu a ideia de mostrar essa cidade, a dos aqui trabalharam para que ela fosse conhecida como “a capital económica” do país.
O nosso percurso começa junto a uma das estátuas emblemáticas da cidade, o ardina dos Aliados. Procuraremos a seguir sinais de ferreiros e caldeireiros subindo aos Clérigos. E falando de metais, iremos conhecer aquela que foi a principal artéria do ouro da cidade com a famosa filigrana como principal personagem de uma história que segue bem viva.
Já na Ribeira é incontornável falar da importância da navegação para a cidade assim como do papel central que a Associação Comercial do Porto segue tendo na vida económica, social e até política do Porto.
Iniciaremos então o regresso ao alto da Pena Ventosa para passarmos nas ruas dedicadas à produção de espadas (entre outras coisas) chegando finalmente ao local-berço da capital do Norte: o largo da Sé. Daí partiremos em direção leste, ultrapassaremos a muralha da cidade medieval para terminarmos junto à mais recente estátua da cidade, inaugurada já em plena pandemia.
Venha descobrir a alma orgulhosamente laboriosa do Porto.

Esta é uma visita a pé, de dificuldade média pelas descidas e subidas próprias do Porto, não sendo assim recomendável a pessoas de mobilidade reduzida. Famílias são bem vindas.
Reserva aceite até 24h antes.
O passeio realiza-se em qualquer dia

Booking

Level 1 – Easy

Flat terrain without obstacles. Wheelchair accessible. Duration 2h

Level 2 – Easy to Moderate

Mainly flat terrain (about 70% flat), gentle climbs and descents. Some steps. Wheelchair accessible only with the help of a third party. Duration is around 2 to 3 hours.

Level 3 – Moderate

Terrain about 40 to 60% flat. Moderate climbs and descents. Steps. not wheelchair accessible. Duration 3 hours 

Level 4 – Demanding

 Terrain about 20% to 40% flat. Some steep climbs and descends. Steps and uneven surfaces. Recommend for fit travelers. Duration between 3 to 5 hours.

Level 5 – Difficult 

Rolling and often steep terrain, 10 to 20% flat terrain. Uneven surfaces. Recommended for travelers used to hiking tours in nature. 

Stufe 1 – Leicht

Flaches Gelände ohne Höhenunterschiede und Hindernisse. Geeignet für Rollstuhlfahrer. Dauer 2 Stunden.

Stufe 2 – Leicht bis moderat

Überwiegend flaches Gelände (70%) mit leichten Höhenunterschieden sowie einigen Stufen. Für Rollstuhlfahrer nur bedingt und mit einer Begleitperson geeignet. Dauer 2 – 3 Stunden. 

Stufe 3 – Moderat

Gelände (40-60% flach) mit moderaten Steigungen und Treppen. Nicht für Rollstuhlfahrer geeignet. Dauer 3 Stunden. 

Stufe 4 – Anspruchsvoll

Gelände mit Höhenunterschieden (20-40% flach). Auf – und Abstiege, Treppen und unbefestigte Wege. Eine gute Kondition und festes Schuhwerk sind erforderlich. Dauer 3 bis 5 Stunden. 

Stufe 5 – Schwierig

Gelände mit großen Höhenunterschieden (10-20% flach), steilen Auf – und Abstiegen auf unbefestigten Wegen und teils holprigen Boden. Geeignet für erfahrene Wanderer.